Siga o bloco da saúde no carnaval!

Data: 
02/09/2018 - 07:45

Médicos e especialistas dão dicas para curtir a festa sem descuidar!

 

O carnaval está chegando e com ele, cinco dias para se divertir muito. E para aproveitar esta festa de forma saudável e evitar imprevistos com a saúde, a equipe da Ápice Medicina Integrada preparou dicas valiosas para serem seguidas. Confira abaixo:

 

Com qual sapato eu vou?

Dra. Marina Monteiro, ortopedista especialista em pés, afirma que os solados devem ser aderentes, pois proporcionam mais segurança ao caminhar e dançar. “Também é importante dar preferência a calçados que não têm salto, protegem bem os dedos e tenham estabilidade. Evite saltos com mais de 4cm e, caso realmente tenha que usar salto alto, opte pelo tipo Anabela, que também garante mais firmeza ao passo. De maneira geral é aconselhável, também, evitar chinelos ou outros tipos de calçados abertos, pois existe o risco de ferir os pés em cacos de vidro, comuns nas ruas durante o carnaval por conta das garrafas de bebidas descartadas inadequadamente”, aconselha a especialista.

 

Cuide da alimentação

Alimentar-se de forma inadequada, ou comer demais, pode resultar em voltar mais cedo para casa e perder a festa, por isso, evite frituras e alimentos muito pesados. “Dê preferência às frutas, que não pesam no estômago e possuem vitaminas e minerais que auxiliam em diversas funções do corpo. Atente-se à procedência dos produtos e as condições de higiene do local. Na dúvida, evite o consumo. Frutos do mar e alimentos vendidos na praia costumam oferecer risco em dobro, pois nem sempre são mantidos em temperaturas corretas e estragam mais facilmente. O mesmo vale para lanches e outros pratos com maionese ou molhos”. A dica é do médico gastroenterologista Dr. Rafael Beltrami.

 

Mantenha-se hidratado!

Uma dica fundamental para o carnaval é: beba muita água. “A quantidade ideal é de dois a três litros, por dia, podendo alternar com água de coco e sucos naturais de frutas. É importante, também consumir bebidas alcóolicas com moderação, pois o consumo exagerado, além de desidratar, provoca a embriaguez, o que aumenta os riscos de acidentes”. A dica é da endocrinologista Dra. Karen Cristina Alegre, que completa: evite, também o consumo excessivo de energéticos ou sua ingestão combinada com álcool, pois os efeitos no organismo podem ser perigosos”, alerta.

 

 

Previna-se das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)

“Os preservativos são a forma mais eficaz de prevenção contra as DST, como: HIV (Aids), sífilis, gonorreia, herpes genital, Hepatite B ou C e HPV, por isso, seja responsável. Cuide da sua saúde e de seus parceiros” . O conselho é do urologista Dr. Guilherme Valentim.

 

Evite música muito alta

A audição também merece cuidados redobrados no Carnaval. “Nas festas com trios elétricos e em salões, os níveis de ruídos costumam ir muito além dos suportados pelos nossos ouvidos. Isso acaba por acarretar no chamado zumbido e, em situações de exposição continuada e extrema, até mesmo na perda auditiva. Caso vá curtir a folia de Carnaval, fique distante das fontes sonoras, evite ficar muito tempo próximo a ruídos altos e preserve a audição”, aconselha a fonoaudióloga Fernanda Marcon Amaral Campos.

 

Créditos: 
Qnoticia